Game of Thrones | Confira o que mudou na nova sequência de abertura

Aberturas de séries geram discordância entre muitos fãs. Há quem goste e há quem prefira pular logo para o episódio em si, principalmente quando é um capítulo muito aguardado. E há também diferenças entre as sequências em si. Breaking Bad, por exemplo, tem uma animação bem simples; já Dexter tem uma abertura cheia de metalinguagens.

No caso de Game of Thrones, a abertura sempre teve dois pontos extremamente positivos: a música envolvente de Ramin Djawadi e o “passeio” pelos diferentes locais de Westeros e Essos. Durante sete anos, os créditos iniciais mostravam a superfície de locais fixos, como Winterfell, Porto Real e a Muralha, e acrescentava locais novos de acordo com a movimentação de personagens. As Ilhas de Pyke, por exemplo, foram mostradas quando Theon foi para lá e Essos sempre tinha alguma mudança de cidade de acordo com as conquistas de Daenerys. Isso sem contar as alterações nos locais em si, como quando Winterfell foi saqueada e animação tinha fumaça saindo do castelo.

Só que nesta oitava e última temporada, Game of Thrones afunilou seus núcleos. Muitos personagens estão unidos no mesmo local e há várias cidades que não precisam mais ser mostradas, como as de Essos, que ficaram no passado de Daenerys. Então qual seria o melhor caminho? Diminuir o tempo da abertura e cortar a belíssima música de Djawadi? Ao invés disso, a solução encontrada pelo profissional de efeitos visuais Kirk Shintani foi explorar a fundo os poucos locais mostrados.

A abertura começa na Muralha de Gelo, mostrando Atalaialeste do Mar destruída pelos Caminhantes Brancos. Além da estrutura quebrada, o avanço do exército é representado por gelo que caminha pelo chão e chega até a Última Lareira, lar da casa Umber. É tradição que a sequência não mostre pessoas em si, apenas lugares, então colocar o gelo se espalhando pelo chão foi uma bela forma de representar a caminhada dos mortos.

O segundo lugar mostrado é Winterfell, com sua tradicional árvore-coração de folhas vermelhas. A surpresa é quando o interior do castelo, incluindo as tradicionais Criptas, também é mostrado dessa forma pela primeira vez. Para os fãs da casa Stark, há uma satisfação emocionante ao ver um local tão tradicional para a família representado aqui. Em entrevista para a Vulture, Kirk Shintani revelou que esse “mergulho” tem muito a ver com o tom da temporada em si: “Essa temporada é muito mais íntima e pé no chão. Narrativamente, os personagens estão fazendo mais do que apenas ir de um local para o outro. Há muito mais história para contar”.

A grande cidade de Porto Real começa a ser mostrada de cima, incluindo o mapa que Cersei mandou pintar no chão na temporada anterior. A exploração da Fortaleza Vermelha também leva a outro momento emocionante: a representação do tão cobiçado Trono de Ferro, que se ergue ao som de espadas com o símbolo da Casa Lannister logo acima. Todos esses momentos são realmente muito simples, mas mostram que os criadores tiveram o cuidado em entregar aos fãs algo feito com carinho verdadeiro.

Por fim, outra mudança significativa é o próprio astrolábio, o relógio de fogo que gira enquanto os locais são mostrados. Desde o começo, as faixas que circulavam o astrolábio tinham os símbolos de casas importantes de Westeros, mas muitas delas foram até extintas no meio das batalhas, como os Baratheon. Falando à Vulture, Angus Wall, outro responsável pela animação, afirma que a ideia aqui foi trazer eventos mais recentes e conhecidos pelos fãs da série, como a própria queda de parte de Muralha (logo no comecinho), o Casamento Vermelho (em 0:55) e os dragões de Daenerys (1:32).

A expectativa a partir de agora é que a abertura continue tendo pequenas mudanças que acompanham a história. Winterfell será palco de uma grande batalha entre os vivos e os mortos e esse detalhe pode ser incluído já na próxima abertura, já que o teaser do segundo episódio indica que o conflito está prestes a começar. Seja como for, Game of Thrones tem uma abertura tão icônica quanto seus episódios e sempre valerá a pena acompanhar a sequência e procurar por easter eggs aqui e ali.

A temporada final da série é transmitida aos domingos pela HBO, às 22h. Os novos episódios também são disponibilizados semanalmente no serviço de streaming HBO Go.

Originally posted 2019-04-15 23:26:17. Republished by Blog Post Promoter

Written by: Xina

No comments yet.

Leave Your Reply

Solve : *
25 × 9 =


GAMESZone

Aenean sodales eros ac scelerisque sagittis. Aliquam porta consectetur blandit. Nulla sed augue nisl. Vivamus pulvinar ullamc orper malesuada.

Suspendisse ornare velit eget dolor fringilla, et imperdiet ipsum convallis. Integer faucibus, felis nec lobortis hendrerit, augue mi mattis massa, vitae lobortis neque nunc ut eros. Donec massa lectus

Tweets

@TinaMaryz Have you submitted a request using this form ? https://t.co/sXcV07PPpe let me know the ticket number and… https://t.co/1UuYcLjlgR
Learn how you can sync your project in real time from #Brizy Cloud to your server. You will not find a feature like… https://t.co/VpifkAxq94
Not sure what happened there, it is hard to troubleshoot this from a screen on twitter. We'll have to look into it.… https://t.co/3HXMWYBiKA

Flickr Widget