Rocketman usa estrutura de musical para abordar os altos e baixos de Elton John

Créditos da imagem:
Rocketman/Paramount Pictures/Reprodução

Filme tem estreia marcada para maio

Mariana Canhisares

16.04.2019

11h58

As músicas do Elton John não serão apenas elementos para a ambientação de Rocketman, cinebiografia do cantor que chega aos cinemas em maio. Com base nos 15 minutos exibidos para a imprensa na última quinta-feira (11), pode-se notar que o diretor Dexter Fletcher pega emprestada a estrutura de musical para narrar a ascensão do artista e os consequentes problemas da sua vida de excessos no que promete ser uma obra biográfica menos quadradinha do que é habitual.

Como era de se esperar de uma produção sobre o músico, há algo de brega nessa narrativa e esse efeito não vem só dos figurinos extravagantes, que se tornaram sua marca registrada. Fletcher faz realmente uma escolha de abordar a vida do personagem a partir de uma perspectiva fantástica e, ao que parece, não muito protocolar. Ao abrir seu primeiro show nos Estados Unidos com “Crocodile Rock”, o Elton John de Taron Egerton faz o público levitar e ele mesmo não consegue ficar com os dois pés no chão, tamanho o êxtase coletivo. A cena provavelmente não funcionaria em outro contexto, mas a cafonice acaba se mostrando bem-vinda aqui.

É interessante notar que, mesmo com o próprio artista atuando como produtor executivo do filme, Rocketman não parece se abster de mostrar os problemas na sua trajetória. Somente no material exibido pode-se ver seu abuso de álcool, as várias grosserias que diz para seu colaborador de longa data Bernie Taupin, interpretado pelo ator Jamie Bell, e seus momentos de criança mimada com seu empresário John Reid, vivido por Richard Madden. Isso não quer dizer que ele não tenha vetado alguns pontos na narrativa. Mas é positivo saber que, em alguma medida, a história que vai para o cinema não será completamente chapa branca, nem se acanhará de mostrar o que foi a vida deste ícone.

Embora o longa tenha ganhado manchetes por causa de uma cena dita polêmica, que retrata o relacionamento íntimo de Elton John e John Reid e o consumo de drogas, estes minutos de Rocketman não parecem controversos. Talvez, apenas mais ousados. Afinal, criar números musicais a partir de suas canções é mais interessante do que simplesmente usá-las como som ambiente.

Vale notar ainda que o material também deu pequenas prévias de momentos importantes na vida de Elton John. Confira a seguir alguns deles:

Written by: Xina

No comments yet.

Leave Your Reply

Solve : *
18 + 1 =


GAMESZone

Aenean sodales eros ac scelerisque sagittis. Aliquam porta consectetur blandit. Nulla sed augue nisl. Vivamus pulvinar ullamc orper malesuada.

Suspendisse ornare velit eget dolor fringilla, et imperdiet ipsum convallis. Integer faucibus, felis nec lobortis hendrerit, augue mi mattis massa, vitae lobortis neque nunc ut eros. Donec massa lectus

Tweets

Hydrogen is HERE :P. Just kidding, but if you had a company named Hydrogen you'd love the new White Label feature… https://t.co/bZuqy8cyy6
Brizy learned some new tricks in 1.0.67: Keyboard Shortcuts. From now on you’ll be creating client websites with… https://t.co/RfCIuzc6YR
NEW Brizy PRO update: https://t.co/tI7pWiHI4M We've added 17 new layout packs. That's 99 new pages on top of the… https://t.co/ofpXHRk3KA

Flickr Widget